Os sonhos não se perdem, e quando somos inspirados pelo próprio Deus, os Seus sonhos passam a ser também os nossos.

5 princípios para a conquista:

1. Imaginar
As promessas da Palavra de Deus devem estar sempre diante dos teus olhos. A palavra é a semente que gera vida, e a partir da promessa você começará a imaginar o que Deus tem pra você.

2. Visualizar
Deus vai proporcionar situações onde você poderá vivenciar essa promessa. O visualizar é onde a fé entra em ação!

3. Confessar
Deus falou e assim será! Crendo assim, você passará a confessar a semente da promessa, o sonho de Deus para sua vida. O poder da palavra daquele que confessa no nome de Jesus, atrai o milagre!

4. Perseverar
Virão as críticas, os maus comentários, e por isso é necessário postura de fé, crendo e perseverando. Resista à possível adversidade, pois a concretização do sonho pode estar mais perto do que se imagina, a ponto de alcançar a promessa.

5. Viver o milagre

Não se preocupem com os seus bens, pois o melhor de todo o Egito será de vocês”… Assim partiram do Egito e voltaram a seu pai Jacó, na terra de Canaã, e lhe deram a notícia: “José ainda está vivo! Na verdade ele é o governador de todo o Egito”. O coração de Jacó quase parou! Não podia acreditar neles. [ Gênesis 45:20,25,26 ]

Recorde-se aqui do que Deus fez com José. Ele recebeu, creu e declarou a todos a promessa, sendo repreendido até pelo próprio pai. José seguiu passo a passo, mesmo quando foi traído pelos irmãos e viveu toda a situação adversa.

Os sonhos de Deus são propósitos divinos para o mundo em que vivemos! As dificuldades vem, pois há um preço a ser pago pela promessa. Começamos a imaginar como seria, mas apenas a imaginação não alcança o verdadeiro propósito dela. Persevere, não se conforme com as dificuldades, mas clame e ore. José levou 20 anos para alcançar o sonho que Deus havia lhe dado. Permaneça diante da promessa!

Cristo vive, e é o governador de tudo!

Cristo diz pra você: Deus me fez governador sobre todas as coisas, vem pra perto hoje. O que você vai fazer com o sonho de Deus? Não entre em defesa de si próprio, mas confie e glorifique o nome do Senhor.

E o Senhor disse a Moisés: “Envie alguns homens em missão de reconhecimento à terra de Canaã, terra que dou aos israelitas. Envie um líder de cada tribo dos seus antepassados”. [ Números 13:1,2 ]
(Nm 13:27-33)

Muito tempo depois de José, vemos os espias, que foram até a terra de Canaã para trazer um relatório sobre a terra que o Senhor lhes havia prometido. Espie a terra, visualize a promessa, coloque os olhos naquilo que o Senhor prometeu.

E deram o seguinte relatório a Moisés: “Entramos na terra à qual você nos enviou, onde manam leite e mel! Aqui estão alguns frutos dela. Mas o povo que lá vive é poderoso, e as cidades são fortificadas e muito grandes. Também vimos descendentes de Enaque. Os amalequitas vivem no Neguebe; os hititas, os jebuseus e os amorreus vivem na região montanhosa; os cananeus vivem perto do mar e junto ao Jordão”. Então Calebe fez o povo calar-se perante Moisés e disse: “Subamos e tomemos posse da terra. É certo que venceremos! ” Mas os homens que tinham ido com ele disseram: “Não podemos atacar aquele povo; é mais forte do que nós”. E espalharam entre os israelitas um relatório negativo acerca daquela terra. Disseram: “A terra para a qual fomos em missão de reconhecimento devora os que nela vivem. Todos os que vimos são de grande estatura. Vimos também os gigantes, os descendentes de Enaque, diante de quem parecíamos gafanhotos, a nós e a eles”. [ Números 13:27-33 ]

Ao voltar da terra, todos reconheceram a benção do Senhor. Dois homens carregaram o fruto, tamanha era a benção. Porém, começaram a relatar todas as dificuldades que viram na terra. O ‘mas’, representa a deficiência humana, a carnalidade e a incredulidade. Esses homens espalharam entre o povo um relatório negativo a respeito da terra.

Uma só palavra negativa pode desviar você da promessa!

O povo então começou a murmurar contra a promessa. Miriã ficou leprosa, e Moisés implora a Deus pelo seu perdão. Guarde as palavras e a intenção do seu coração!

O Senhor respondeu: “Eu os perdoei, conforme você pediu. No entanto, juro pela glória do Senhor que enche toda a terra, que nenhum dos que viram a minha glória e os sinais miraculosos que realizei no Egito e no deserto, e me puseram à prova e me desobedeceram dez vezes — nenhum deles chegará a ver a terra que prometi com juramento aos seus antepassados. Ninguém que me tratou com desprezo a verá. [ Números 14:20-23 ]

O caminho daqueles que temem a Deus e crêem, é rasgar as suas vestes e se humilhar na presença de Deus. A boa palavra constrói, edifica e desfaz a má palavra.


Ouça o áudio ou assista ao vídeo dessa mensagem clicando aqui

© 2015 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados
Topo
Siga-nos: