(Mt 14: 29-31) Jesus anda sobre as águas

“Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me! Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?”

Fomos chamados por Deus, a viver no sobrenatural e no poder do Espírito Santo! Muitos de nós obedecemos prontamente ao “venha” de Jesus, e provamos o milagre e a alegria do “novo nascimento”, mas quando as circunstâncias se erguem contra nós, ou melhor, quando a força do vento desvia o nosso olhar, sucumbimos e gritamos novamente: SENHOR, salva-me… como se Jesus já não estivesse mais ali.

Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?” (Mt 14: 31)

Começamos tão bem a vida cristã… e quando foi que a dúvida entrou e nos fez pecar contra Deus, duvidando do Seu poder?

A dúvida é como o vírus de uma gripe: vem os primeiros sintomas, mas preferimos ignorá-la até sermos dominados e não sobrar mais nenhuma força; ela suga toda a nossa energia e então não temos mais como lutar contra ela.

A dúvida, com relação ao caminho com Deus, surge através da nossa ignorância, pela falta do conhecimento das Escrituras. Esses primeiros sintomas parecem óbvios, mas a Bíblia nos fornece todo o alimento necessário para reagirmos à fraqueza espiritual. O conhecimento da Palavra traz cura completa e nos santifica para Deus. Não temos desculpas para continuar doentes.

Mas, quando a dúvida não é tratada a tempo, ela dá lugar a uma raiz maligna de incredulidade, e passamos a “duvidar” de tudo, a não acreditar, principalmente no que diz respeito à Pessoa de Deus e ao sobrenatural do Espírito Santo.

“Quando entraram no barco, o vento cessou.” (Mt 14: 32)

Ao voltar para o barco, a ameaça vai embora, e a “vidinha” volta a ser o que era antes. A maior resistência, quer seja humana ou demoníaca, se manifesta para que você não creia em Deus, nem na Sua Palavra; para que não seja corajoso o suficiente para seguí-Lo, tornando-se totalmente incapaz de conhecer e provar a força do Seu poder.

Chegou o tempo de andar com JESUS sobre as águas!


Assista ao vídeo dessa mensagem clicando aqui

© 2015 Igreja Porta da Paz | Todos os direitos reservados
Topo
Siga-nos: